OPINIÃO DO RIBEIRO/MAIO 2016 -REF PMMG

OPINIÃO DO RIBEIRO/MAIO 2016-REF PMMG

Do que me proponho, desnecessários seria alongar muito, bastaria sim,meditar sobre o que disse o Coronel Marcius Tulio Amaral Pereira, e difundir pelas Minas Gerais,para quem sabe um dia  chegar aos muitos estudiosos da cúpula da PMMG, em especial.

Mas eu quero dar os meus pitacos, mesmo que sejam eles desprovidos de saber; Quero manifestar do que eu sinto a respeito desse modo de vida atual da Instituição PMMG, argüindo do meu direito de expressão.

Por vezes várias  me interagi online ou imbox , com as mais diversas pessoas, alguns renomados Oficiais inclusive, e fiz os meus reclames sobre a condução da PM nos dias de hoje.E as respostas sinceramente foram lastimáveis.Alguns indignados,outros numa boa, e outros mais disseram-me que nada podiam fazer, por ser a Polícia da época moderna. Chamada Polícia cidadã.

E a PMMG caminha com as suas modernização e nesse caminhar, a meu ver, perdendo espaços e credibilidade publica.

DA PARTE ADMINISTRATIVA – QUADRO DO PESSOAL

Evidente que não me proponho elaborar um trabalho técnico, mesmo porque foge do meu saber.Proponho mesmo é fazer comentários críticos, quiçá fosse construtivo.

Não consigo entender, porque desses RISP, desse grande número de Batalhões, Companhias, pelotões,instalados as vezes sem as mínimas condições e gerando despesas milionárias para os cofres públicos do Estado.Com todo esse aparelhamento o que se vê hoje é um Quadro de Coroneis numerosos e assim sucessivamente, até o Quadro de Sargentos. Quando se chega ao Quadro de cabos/Soldados encontram-se defasagens. Absurdo eu acho, ver uma Fração GPM, de Comando privativo de Sargento, encontrar nele mais de um Sargentos, ao passo que deveriam ter vários Cb/Sd,sob comando de um Sargento.E assim está toda Policia Militar,com seus quadros inchados e a estranha reclamação que o efetivo é insatisfatório para atender todos anseios.Enquanto isto os concursos e cursos estão a todo vapor em todo o estado, gerando despesas em todos os sentidos e a cada dia saturando mais  todos os postos e graduações.

ESSES FATORES ENCARECEM  A SEGURANÇA PUBLICA.

 

Cel Marcius Tulio, disse das muitas perdas do meio interno da PMMG, e eu acrescento que a PMMG esta perdendo tbm espaços importantes no mundo civil. Da PMMG foi retirado muitas atribuições que estão passando despercebidos pela Administração.Na verdade a PMMG não esta fazendo mais falta em N atividades. A sociedade esta buscando apoio em outros órgãos ligado a segurança, e só não vê quem não quer.

 

Obs: Desculpem-me Cel Marcius Tulio, por a partir do seu post,colocar em evidencia o que eu penso. E por mais que eu imagine ser,realmente o que escrevo, o que eu penso, não acrescentará nada. Pelo menos até um dia por vir, quando estiver nossa PMMG em regime de aquartelamento,pois para atender a demanda da segurança publica estarão outras Policias.A PMMG caminha para isto.

 

Marcius Tulio Amaral Pereira Amigos, ao longo da minha carreira como Oficial da PMMG fui ridicularizado, criticado e até punido pelo meu ponto de vista. Sempre fui resistente ao modismo a que fomos submetidos ao longo dos anos, notadamente com o advento da Nova República, a ruptura com o militarismo, pilar da nossa Instituição vem sendo paulatino e sistemático. Com modelos de polícia que são sucesso em alguns lugares, mas apenas temporariamente, fomos privados do nosso abençoado Rancho, dos nossos alojamentos, nos convenceram que os Quartéis não necessitam de um Corpo da Guarda, tomamos conta da casa dos outros mas da nossa não, a Continência, um dos símbolos do respeito que identifica as Instituições Militares, hoje é sinal de fraqueza, solenidades em teatros, nâo tem mais Desfiles, a camaradagem que tanto nos ensinaram nos diversos cursos, a desvalorização dos postos e graduações…tudo isso e muito mais nos foi subtraido sorrateiramente, dilapidando conceitos e valores tipicamente militares. Os graves, delicados e tristes fatos ocorridos em Ouro Preto, berço da nossa Instituição são sintomáticos, estamos apenas colhendo os frutos que plantaram em nossos Quartéis, os frutos da discórdia e da diversidade de pensamento, que abalam qualquer estrutura, até as militares. Permitimos a prática da política partidária em nosso seio, agora estamos recebendo o troco. Temo que vá chegar o momento em que, abordados na rua, nos identifiquemos com a identidade civil. É apenas meu ponto de vista, não quero com isso atribuir culpa ou responsabilidades a ninguém.

========================================================

 

Anúncios

Sobre RIBEIROJEQUERI

MILITAR APOSENTADO
Esta entrada foi publicada em ARQUIVOS: CATEGORIA GERAL E OPINIÕES DIVERSAS.. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s