JOÃO CORREA DA SILVEIRA, VULGO JOÃO CABOCLO

COPIADO DO PORTAL HD DE 10ABR2012

POR CONSIDERAR AMIGO DE JOÃO CABOCLO, ESTOU  ADD A MATERIA EM ARQUIVO.

Obs= Não acredito em tudo que diz. A imprensa faz sensacionalismo quando o assunto e palpitante.

OBS: GRIFO DO RIBEIRO= Ref João Caboclo, esclareço ser ele meu amigo, com quem tive um bom relacionamento quando na decada de 1980, comandei Dst de Tarumirim. Aliaz parte da família Sena,conviveram comigo naquela cidade. 

 Portanto, conheço um pouco a saga da familia SENA, que na verdade teve perda de alta relevancia, fazendo até balançar as estruturas da família; Mas Eles,JOÃO, JOSE, QUINTINO, não acovardaram e por isto são vencedores. São Eles honrados e cumpridores de seus deveres.

24JUN12/RIBEIRO

================================================================

JOÃO CORREA DA SILVEIRA, vulgo João caboclo – ex-prefeito de tarumirim

 “Chefe do “Sindicato da morte” é condenado a 19 anos de prisão Ex-prefeito João Caboclo encomendou assassinato por causa de uma dívida de 32 vacas, mas está em liberdade Renata Evagelista – Do Portal HD – 10/04/2012 – 18:18 Arquivo Hoje em Dia João Caboclo e “Pit Bull” teriam participação em diversos homicídios O ex-prefeito de Tarumirim, no Vale do Rio Doce, João Correa da Silveira, de 57 anos, foi condenado a 19 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado, por ter encomendado a morte do ex-presidiário Oliveira de Paula. O crime foi motivado por conta de uma dívida da compra de 32 vacas. Conforme o inquérito, quatro pessoas compraram os animais na mão do ex-político, conhecido na região como João Caboclo, e deram como pagamento um cheque sem fundo. Além da prisão, o ex-prefeito foi condenado a pagar uma indenização de 200 mil por danos morais à família da vítima. Ele é apontado pela polícia como chefe do “Sindicato do Crime”, um esquema de empréstimo de dinheiro que condena os devedores à morte. João Caboclo, que responde por outros homicídios, está em liberdade. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) informou que o ex-prefeito tem direito ao benefício porque compareceu em todos os júris. A defesa do condenado tem cinco dias para recorrer a sentença. A Justiça só poderá expedir mandado de prisão após a segunda sentença ou caso a defesa não apresente recurso. O ex-prefeito foi condenado em uma sessão do júri popular da Comarca de Timóteo, realizada na segunda-feira (9). A sentença foi proferida pelo juiz Rodrigo Antunes Lage. De acordo com o processo, Oliveira de Paula foi fuzilado na varanda de sua casa, em outubro de 2006, pelo vaqueiro Adriano Rodrigues Miranda, conhecido como “Pit Bull”. Pelo crime, o executor foi condenado a 24 anos e 10 meses de reclusão. Durante o julgamento do vaqueiro, que ocorreu março de 2009, ele disse que receberia R$ 5 mil pelo assassinato. Ele confessou ainda que teria matado outras 15 pessoas em Minas Gerais. Segundo o deputado Durval Ângelo (PT), João Caboclo teria encomendado a sua morte e do ex-delegado de Timóteo, Francisco Lemos. O deputado disse “Pit Bull” teria confessado que o João Caboclo teria oferecido R$ 60 mil para executar a dupla. . Tags: sindicato da morte, joão cacloco”

Anúncios

Sobre RIBEIROJEQUERI

MILITAR APOSENTADO
Esta entrada foi publicada em ARQUIVOS: CATEGORIA GERAL E OPINIÕES DIVERSAS.. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s